Conheça o incrível lago com flores de lótus da Tailândia

A Tailândia é apaixonante!!! É assim mesmo que vou começar esse post, porque tem muito amor guardado aqui, haha. Já estive lá duas vezes e em cada uma delas fiquei 15 dias, mas ainda assim não deu para conhecer todos os lugares. Sabe quando um gringo te pergunta qual cidade ele deve visitar no Brasil e você não sabe qual indicar? Então, tipo isso. Uma coisa te garanto, é impossível não gostar. E não tem só praia paradisíaca-de-ofuscar-o-zóio-da-gente, não. Também tem flores. Muitas flores!

Uma experiência capaz de impactar até mesmo quem não dá bola pra elas {as flores} é o lago “Talee Bua Daeng” (que significa lago de lótus vermelhas). São tantas flores, que o lago se parece com um jardim. É impressionante! Localizado no distrito de Kumphawapi, em Udon Thani {cidade no norte da Tailândia}, esse passeio foge um pouco da rota usual de quem visita o País. Apesar de estar no Norte, fica no sentindo oposto de Chiang Mai, por exemplo, que é uma cidade #mustvisit na Tailândia. Saindo de Bangkok, você levará cerca de 7h de carro ou 1h de avião pra chegar lá e saindo de Chiang Mai são 9h de carro e 1h e pouquinho de avião. Ou seja, não rola bate-volta, tem que incluir esse passeio no seu roteiro mesmo.

Imagem: travel.mthai.com/

A flor de lótus tem raízes baseadas em meio à lama e ao lodo de lagoas e lagos. Para florescer, o lótus tem a missão de alcançar a superfície e o simbolismo está justamente nesta capacidade de enfrentar a escuridão para florescer limpa e com uma beleza encantadora! À noite, as pétalas da flor se fecham e a ela mergulha na água. Pouco antes de amanhecer, ela ressurge novamente à superfície e abre suas pétalas novamente. Por isso, é importante visitar o lago durante a manhã e garantir que você vai encontrar as flores abertas.

Para o Budismo, o significado mais importante da flor de lótus é de pureza e elevação espiritual do corpo e da mente. A lama na qual a planta fixa suas raízes é associada ao apego e aos desejos carnais, enquanto o desabrochar da flor sobre a água em busca de luz é a promessa de pureza e elevação espiritual. Há inúmeras imagens do Buda e outras divindades sentados sobre uma grande flor de lótus enquanto meditam {agora faz sentido}.

Essa flor tem um significado muito bonito mesmo! Num primeiro momento, ela representa a perseverança e a determinação tão necessárias para enfrentarmos uma fase difícil. Apesar de dolorosos, esses períodos guardam os aprendizados mais valiosos. Passada a etapa de indignação, nos permitimos aprender com as circunstâncias e começamos a fazer pequenas mudanças no dia a dia, até que, sem perceber, estamos prontos para florescer! Com a fé na vida renovada, nossa alma volta a emitir uma energia leve, embelezando e alegrando os ambientes por onde passamos.

Imagem: travel.mthai.com/

Vamos às dicas:

  • Kumphawapi é um distrito de Udon Thani e fica a 30km da cidade.
  • Melhor época pra ir é entre Dezembro e Março, quando as lótus florescem.
  • Os passeios acontecem somente durante a manhã, ou seja, até às 11h.
  • Uma volta de 45 minutos custa, em média, R$30. Já pra navegar durante 1h20 vai sair R$50. {lembrando que esse valor pode variar e aqui só estou apresentando uma média}.
  • Dá pra se hospedar no distrito com preço mais em conta, mas a infra é mais simples.
  • Em Udon Thani tem hotel e resort, veja aqui, só que os preços são mais salgados (mínimo de R$200 a diária).
  • Nem todo mundo lá fala bem em inglês, então prepare-se para arrasar nas mímicas.

>>>>>>> Assista esse vídeo e imagine-se navegando nesse lago mágico!!!

Já fez esse passeio??? Compartilhe a sua experiência com a gente 🙂

 

Fonte: thailand-painting-holidays.com; japaoemfoco.com; significados.com.br/Imagens: travel.mthai.com/
The following two tabs change content below.
Keila Marques
Curiosa e interessada, é movida pelas descobertas de diferentes estilos de vida, culturas, costumes, histórias e sabores! Já fez intercâmbio no Chile e na Austrália e sonha em fazer uma viagem de volta ao mundo!
Keila Marques

Latest posts by Keila Marques (see all)